Equilíbrio corporal com o treinamento funcional e pilates


O corpo diariamente sofre desgastes, que podem ser agravados pelas posturas inadequadas, gerando assim sobrecarga as estruturas. Cerca de 80% das pessoas do mundo tem ou tiveram algum problema apresentando dor na coluna, isto é decorrência de sentar em posições inadequadas, levantar peso de forma incorreta ou produzir torções na coluna durante o trabalho por horas do dia, durante semanas, meses e anos gerando assim um desgaste ainda maior. É importante salientar que a coluna é composta por ossos que são mantidos pelo sistema neuromuscular, sendo assim é de suma importância preparar este sistema para as atividades de vida diária.

Existe uma maneira de treinar a habilidade do sistema neuromuscular, que é através do treinamento funcional, na qual se realiza movimentos em resposta a gravidade e forças de reação do solo. O treinamento funcional visa melhoria da função de um gesto específico, englobando força, equilíbrio, velocidade, coordenação e concentração, através de exercícios desafiadores. Esta prática vem se destacando por sua popularidade em ambientes desportivos nos últimos anos. O treinamento funcional é atualmente uma das estratégias terapêuticas que têm como objetivo a estabilização da coluna vertebral.

 O método pilates tem como princípios a concentração, consciência, controle, “centrando”e a respiração. O movimento dos exercícios busca a harmonia e o controle, na qual é feito através de uma contração de grupos musculares específicos, especialmente os músculos que envolvem a coluna lombar, pelve, abdômen, quadril. O programa de exercícios engloba a estabilização estática e dinâmica, mobilidade articular, coordenação, equilíbrio, propriocepção, força e resistência. As vantagens da prática desta atividade são: estimular a circulação, melhorar o condicionamento físico, a flexibilidade, a amplitude muscular e o alinhamento postural. Desta forma, melhora os níveis de consciência corporal e a coordenação motora. Tais benefícios ajudariam a prevenir lesões e proporcionar um alívio de dores crônicas.

 Karine Souza

 

Referências Bibliográficas

Sacco et al. Análise biomecânica e cinesiológica de posturas mediante fotografia digital: estudo de casos. Ver Brás Cienc Mov. 2003; 11(2):25-33

Oliveira, ASC; Gonçalves, M. Lumbar muscles recruitment during resistance exercise for upper limbs. Journal of electromyography and kinesiology 19 (2009) 737-745.

Aruin, A.S.; Shiratori T. The effect of the amplitude of motor action on anticipatory postural adjustments. J Electromyogr Kinesiol.2004 Aug; 14 (4): 455-62

Oliveira et al. Análise Cinesiológica de exercícios de pilates. From http://www.portalsaudebrasil.com/artigospsb/pilat053.pdf

Sacco et al. Método pilates em revista: aspectos biomecânicos de movimentos específicos para reestruturação postural – Estudos de caso. R. bras.Ci e Mov. 2005; 13(4): 65-78.